Voltar

O advogado Vinicius de Araújo Silva e a diretora do Sindicato de Londrina, Kelly Menegon (no fundo, à dir.), participaram da reunião do Conselho da Previdência. (Foto: Portal Eletrônico Saúde Bancária).

INSS apresenta novo sistema durante reunião do Conselho da Previdência Social

Em reunião realizada nesta quarta-feira (18/10), em Londrina, representantes do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) explicaram a integrantes do Conselho da Previdência Social o GET novo sistema para gerenciamento de solicitação de benefícios que será implantado pelo órgão no próximo dia 23 nas unidades de Londrina.

Esta nova plataforma, denominada de “INSS Digital” funcionará numa parceria com prefeituras, entidades públicas e Sindicatos assinados através do Termo de Ajuste Técnico, e tem por objetivo agilizar a tramitação dos processos requerendo benefícios, exceto os por incapacidade, que necessitam passar por perícia médica.

“Os parceiros ficarão encarregados de recolher a documentação, fazer a digitalização dos mesmos e encaminhar ao INSS, que terá funcionários destacados especialmente para encaminhar estes pedidos”, relata Kelly Menegon, secretária de Saúde do Sindicato de Londrina e integrante do Conselho da Previdência.

Para viabilizar este projeto, as agências do órgão estão sendo remodeladas e vários serviços podem ser feitos por meio do site https://meu.inss.gov.br/, como, por exemplo, o agendamento de consultas.

Kelly sugeriu ao INSS que os segurados ao ligarem no 135, sejam informados quais são os parceiros que estão homologados para atender e encaminhar os requerimentos para que as pessoas não percam a viagem ao procurar uma agência para fazer o pedido.

De acordo com o INSS, este sistema foi lançado na forma de Projeto Piloto em Mossoró RN. No Norte do Paraná já yemos os convênios feitos com as prefeituras de Assaí, Ibiporã, Alvorada do Sul, Sertanópolis, Bela Vista do Paraíso e até o final do ano deverão ser fechados cerca de 400 convênios.

“Só não poderão ser encaminhados por esse meio os casos de aposentadoria por invalidez e auxílio doença e acidentário, porque nestes casos são preciso que o segurado passe antes pela perícia médica do INSS”, explica Kelly.

Como para ser parceiro é necessário que os processos tenham acompanhamento de advogados, o assessor do Sindicato de Londrina, Vinicius de Araújo Silva, participou da reunião do Conselho para se informar a respeito do sistema digital.

“Essa mudança implantada pelo INSS é inevitável, pois atualmente os serviços de vários setores são feitos por meio virtual. Esperamos que o sistema venha realmente para agilizar os processos e acabar com a burocracia que sempre acaba prejudicando os segurados na hora em que mais precisam”, argumenta o advogado.

Peritos não aceitam CAT emitida pelo Sindicato

Durante a reunião, Kelly Menegon aproveitou para encaminhar por meio do Conselho da Previdência questionamento sobre a não aceitação dos peritos do INSS de CATs (Comunicações de Acidente de Trabalho) emitidas pelo Sindicato nos últimos tempos.

“Eles não estão aceitando as CATs e apresentam justificativa para isso o fato de o Sindicato não ser o empregador. Mas no caso de a empresa se recusar a emitir a CAT a legislação permite ao Sindicato fazer isso e é assim que estamos procedendo”, ressalta.

Os representantes do órgão se comprometeram em encaminhar esta demanda ao setor competente e dar retorno sobre uma possível reunião com eles.


Fonte: Portal Eletrônico Saúde Bancária.

Advocacia Scalassara

- advocacia@scalassara.com.br

A Advocacia Scalassara & Associados, enquanto marca, nasceu em 06 de junho de 1994, em razão de desdobramento de escritório anterior, que tivera início em 1982/3, do qual o advogado Carlos Roberto Scalassara era um dos titulares.

   Outras Publicações de Advocacia Scalassara